Blog

  • Adolescentes e cirurgia plástica: pode?

    cirurgia-plastica-na-adolescencia-- Clinica Landecker

     

    A adolescência é um período da vida que ocorrem diversas transformações no corpo de uma pessoa, se perde a forma de criança e começa a se ganhar as feições de um adulto. Essas alterações, muitas vezes, incomodam fazendo com que os jovens se sintam “feios” ou “fora do padrão”. Nesse momento, muitos buscam a cirurgia plástica como uma solução.

    Entre 2008 e 2012, o número de procedimentos realizados em jovens entre 14 e 18 anos teve um aumento de 141%, totalizando 91.100. No caso das meninas a lipoaspiração é a cirurgia mais feita, seguida do implante de silicone nas mamas. Já nos meninos, os procedimentos mais procurados são a ginecomastia (redução das mamas que crescem demais) e a cirurgia para corrigir a orelha de abano.

    Não existem regras que proíbam a realização desses procedimentos em menores de idade. Entretanto, é necessário realizar uma série de avaliações para saber se o adolescente está apto a realizar a cirurgia.

    Condições
    A maturação do corpo precisa ser avaliada. O ideal é as cirurgias sejam realizadas após o processo de desenvolvimento corporal, evitando que as intervenções causem prejuízos ou se modifiquem com o tempo. Entretanto, dependendo do tipo de procedimento, pode se realizar cirurgias por questões médicas antes dessa fase.

    Também é importante avaliar os motivos que levam a esse desejo e suas expectativas com o procedimento. Assim, evita-se que ela seja realizada com objetivos errados (ou inalcançáveis), além de que o adolescente entenda os resultados possíveis, sem exagerar nas expectativas. Portanto, é necessário que haja muito diálogo entre os pais, o jovem e o médico antes de haver uma decisão.

    Ficou com alguma dúvida? Entre em contato pelo telefone (51) 3222-6939 ou pelo WhatsApp (51) 999-156-232 para agendar a sua consulta.