Blog

  • Fibrose: o que é e como tratar?

    shutterstock_74008219

     

    Quem tem interesse em fazer ou já passou por uma cirurgia plástica deve ter ouvido falar da fibrose. A condição é muito temida, especialmente em casos de lipoaspiração. Mas existem diversos cuidados indicados para prevenir o problema no pós-operatório. Se, mesmo assim, a fibrose aparecer, o jeito é descobrir as possibilidades de tratamento disponíveis para reverter o quadro. Veja, abaixo, o que é, como prevenir e como tratar a fibrose em decorrência da cirurgia plástica.

    Quando passamos por uma operação, nosso organismo não é capaz de regenerar o tecido exatamente como ele era. O que acontece é que, após um corte cirúrgico, desenvolvemos um tecido semelhante para restaurar a região, formando a cicatriz. A fibrose nada mais é que uma cicatriz interna endurecida pelo excesso de colágeno e elastina. Visualmente, a região operada pode ficar com alguns nódulos e até produzir uma retração da pele, o que gera dor.

    Como prevenir?
    Em primeiro lugar, após passar por um procedimento cirúrgico, você deve seguir à risca as instruções do seu médico. Só ele é capaz de avaliar o seu histórico de saúde e indicar os melhores cuidados de acordo com o seu caso. Mas existem algumas recomendações padrão para reduzir suas chances de encarar uma fibrose. Confira a lista:

    • Respeite o período de repouso receitado por seu médico;
    • Faça massagens na região operada quando liberado, principalmente drenagem linfática;
    • Tenha uma alimentação balanceada e rica em proteínas e ômega 3;
    • Use a malha compressiva se indicada por seu médico;
    • Não exponha o local ao sol e use protetor solar;
    • Evite cigarros e bebidas alcoólicas no pós-operatório.

    Como tratar?
    Mesmo que um paciente tome todos os cuidados necessários, ainda existe a chance de desenvolver uma fibrose. Para cada caso, é necessário que o médico avalie o problema para então recomendar o tratamento mais adequado. Algumas das práticas mais comuns são a aplicação de tensão manual ou a carboxiterapia, que auxiliam no desaparecimento gradual dos nódulos. O que importa é a celeridade do tratamento. Já que fibroses em estágios iniciais costumam ter recuperação muito melhor que as mais antigas e endurecidas.

    Ficou com alguma dúvida? Agende a sua consulta de avaliação aqui na clínica pelo (51) 3222-6939 ou (51) 99915-6232.