Blog

  • Insatisfeita com o formato do seu nariz? Descubra a cirurgia mais indicada!

    9ab0602f5cc64db688304fa70c02250a

     

    O nariz possui um papel de grande destaque no rosto. Muitas pessoas se sentem desconfortáveis por causa do seu tamanho ou formato, fazendo que fujam de fotografias, desenvolvam insegurança ou evitem determinadas situações. Porém, esse detalhe pode ser corrigido com uma cirurgia plástica.

    O nome dela é rinoplastia. Seu principal benefício é deixar o tamanho e os traços do nariz mais proporcionais ao restante do rosto, alcançando maior harmonia. É possível mudar sua largura, comprimento, o formato da ponta e ainda sua assimetria. As estruturas nasal e facial do paciente influenciarão no resultado da cirurgia, por isso ela varia de pessoa para pessoa.

    Esse procedimento também pode ser realizado com objetivos de saúde, como a correção do septo nasal, turbinectomia, e a retirada da carne esponjosa (que está associada a alergias).

    Pacientes que apresentem doenças em fase aguda, mulheres em fase de amamentação ou que façam uso de medicamentos anticoagulantes possuem contraindicação para essa cirurgia. Além disso, ela só deve ser feita após a formação completa do nariz, que ocorre entre os 15 e 16 anos em mulheres e 18 anos em homens.

    Como é um procedimento ambulatorial, que leva cerca de 2h, não há necessidade de hospitalização. Além disso, seu pós operatório é simples. Depois da cirurgia o paciente fica em observação no hospital, quando o efeito da anestesia passar e o paciente recobrar a consciência recebe alta. Os cuidados mais intensos levam cerca de 2 semanas, porém o resultado ainda não poderá ser visualizado.

    O nariz ficará bem inchado no primeiro mês, e desinchará mais significativamente ao longo de 3 meses. Porém, o inchaço só irá desaparecer após um ano, quando o resultado definitivo da cirurgia poderá ser visualizado.

    Se deseja saber mais sobre cirurgia plástica ou outros procedimentos, entre em contato pelo telefone (51) 3222-6939 ou pelo WhatsApp (51) 999-156-232.